4 de mar de 2013


[...] Roda, roda, roda, com os bracinhos no ar

e não fica tonta nem sai do lugar.


Põe no cabelo uma estrela e um véu
e diz que caiu do céu.
A bailarina- Cecília Meireles

Nenhum comentário:

Postar um comentário