30 de jul de 2013

#

Não deveria escrever nenhum poeta, sem que primeiro a tinta temperasse nos suspiros do amor. Só então seus versos até ouvidos selvagens prenderiam e infundiriam brandos sentimentos de humilde no peito dos tiranos. 
Trabalhos de Amor Perdidos, IV:III Shakespeare 
Como falar de um amor que extrapola todos os limites? Um amor genuíno, verdadeiro, um amor que cura?
Teu amor é tão poderoso que se soubéssemos o quão forte ele é não nos preocuparíamos com mais nada, pois só ele seria nossa fonte. Quão bom é estar diante de tua presença, sentir que você está presente. Nunca conseguiremos explicar o que sentimos ao estar em meio a isso. Nenhuma palavra pode significar o que Tu és para nós, o que representas. Você é tudo <3 font="" nbsp="">

Berenice e eu

Berenice era linda e inacreditável, não tinha como não se apaixonar por ela. Seus olhos eram grandes e negros e sua pele branca como a neve, tinha longos cabelos encaracolados e castanhos e cativava com facilidade. Sua inteligência era apenas mais um de seus atributos, adorava ler e escrevia como ninguém.
 Berenice era linda, Berenice era Bela.
Os tempos passavam e eu continuava a admirar Berenice de longe, talvez ela nunca me notasse, talvez ela nunca me visse. Que sorriso lindo tinha, era como se todo o sol se refletisse ali. Os atros nunca poderão brilhar como Berenice brilhava, para mim. Em nossa escola ela não tinha muitos amigos, passava a tarde inteira mergulhada em seus livros de poesia, me perguntava se um dia eu iria poder escrever poemas para ela, poemas que descrevessem tamanha beleza e simpatia. Eu ficava olhando e me enchia de alegria ao vê-la sorrindo docemente, olhando para os lados só para ver se ninguém a notava.Como não notar? Como não perceber aqueles olhos enormes? Aquele cabelo que caia quase até sua cintura? 
Berenice era linda, Berenice era bela.
Certo dia, estava sentado onde sempre costumei ficar para observá-la e percebi que ali já não estava mais. Para onde teria ido minha Berenice? Passaram cerca de dez minutos e quando o intervalo estava quase se esgotando vi aquela imagem. Aquilo seria Berenice? Não poderia ser! 
Já não irradiava mais tanta alegria, seus olhos estavam tristes e percebi alguns cortes em seu braço. Minha vontade foi de sair correndo ao seu encontro, mas sabia que ela nunca me daria bola. Berenice não tinha muitos amigos, assim como eu e fiquei com muita dó ao vê-la naquele estado. O que aconteceu com ela? Me perguntei, tudo parecia estranho.
Berenice estava triste, Berenice ainda assim era bela.
Duas semanas se passaram e eu não a tinha visto mais. Será que tinha sido tão grave assim? Teria Berenice saído da escola? Meu coração ficava apertado a cada dia que se passava e eu permanecia sem contemplá-la. Juntei todas a minha coragem, vou me declarar para Berenice!
Escrevi uma pequena carta e decidi colocá-la dentro de um de seus livros, mas onde ela estava?
No dia seguinte ela apareceu. Eu estava nervoso e não conseguia nem pensar direito, só imaginava como seria sua reação ao ler a carta. 
Berenice me deixava nervoso, e isso a tornava ainda mais bela.
Quando por um breve instante Berenice deixou seus livros para ir ao banheiro, com isso me apressei para pôr a carta dentro de um de seus livros. Tudo certo, agora ela iria saber o que eu sentia.
Ela voltou, pegou seus livros e se foi.
Fiquei um pouco triste, mas sabia que uma hora ela iria ler a carta. Aguardei ansioso o dia seguinte.
Passaram-se as aulas e tocou para o intervalo, meu estômago estava embrulhado, fui correndo para o lugar de sempre e la estava. Ela parecia estar esperando por alguém, fiquei com um certo pânico, será que ela tinha lido minha carta? Fui andando de vagar para ver se aparecia alguém, ela estava parada exatamente no lugar onde eu costumava ficar e isso me deu certo receio. Como ela sabia?
Me aproximei e logo ela me viu, que lindo rosto, que lindos olhos!
Como era amável minha Berenice, ela sorriu e me encarou.
Ela chegou mais perto, eu estava completamente paralisado. Com seus olhos grandes ela me olhou mansamente e perguntou: 
-Foi você que escreveu a carta?
Por cerca de um minuto fiquei em silêncio, imaginei o quanto tinha esperado por aquele momento, o número de horas que fiquei pensando em seu sorriso. Qual seria o cheiro de seu cabelo? 
Finalmente voltando disse que sim, tinha sido eu.
- Algumas vezes percebi que você sentava aqui e me olhava, eu sempre achei engraçado, você deveria ter falado comigo antes!
Eu estava perplexo, ela não demonstrava nem um pouco de timidez, como se soubesse de tudo que ia acontecer em seguida.
Berenice tinha o controle de tudo a sua volta, Berenice era bela.
Conversamos por cerca de mais 7 minutos, Berenice sorria com facilidade e parecia um anjo. Eu estava muito desajeitado.
- Bem, eu acho que aula já vai começar... Odeio as matérias de cálculo!
Mais uma coisa em comum tínhamos entre nós.
- Eu também não gosto muito de números.
-Então vamos dar uma volta.
Disse ela segurando minha mão e me puxando para o parque. Achei aquilo incrível.
Estava perto do sol se pôr quando Berenice sentou no balanço, nossas conversas foram sobre todos os tipos de assuntos, ela se posicionava muito bem diante de todos, era muito inteligente.
Sentei no outro balanço e quando me virei lá estava ela me olhando, parecia que seus olhos estavam brilhando, ela sorriu.
Naquele momento ela já sabia o que eu sentia e disse: Também gosto de você!
Ela se aproximou, cada vez mais, seu nariz estava quase tocando o meu e percebi quando ela fechou os olhos. Fiquei sem reação e da mesma forma fechei meus olhos e quando estava prestes a beijá-la percebi que os sons estavam ficando distantes, acontecia isso com os apaixonados? Senti um forte clarão e abri os olhos, onde estava Berenice? 
Frodo, meu gato, estava em cima de mim e lambia minha testa. Olhei pro lado e percebi que mais uma vez o despertador não tinha funcionado.
Foi apenas mais um dos meus sonhos com Ela, Droga!

W.S

Segundo Semestre On

Minhas aulas começaram ontem, e como todo semestre que se preze apareceram aqueles professores engraçados ou de certa forma tediosos. Ta não vou ser tão má, está começando agora e tudo pode mudar, ou não, o fato é que algumas matérias puxaram minha atenção como a Antropologia e a de Psicologia. Fiquei com vontade de fazer um milhão de perguntas pra professora de psico hsuahsu', mas não seria muito comum perguntar como a psicologia encara as "possessões" ou até mesmo como se dá a hipnose, caso eles trabalhem com isso, enfim me deixou muito curiosa e creio que essa disciplina será muito produtiva :). Outra coisa engraçada é saber que na minha turma de antropologia são 60 alunos, isso inclui garotos, pelo menos agora a turma vai dar uma variada né? Já que Serviço Social é um curso onde predominantemente se têm mulheres, nessa matéria vieram pessoas de outros cursos e por isso deu a variada a professora é meio digamos fanha :S 
Minha nossa como estou ácida hoje shaushua', é isso ai conto mais novidades depois :*

26 de jul de 2013

25 de jul de 2013

Final de Recesso

Eeeita e assim terminam minhas "férias", segunda-feira começa tuudo de novo e eu estarei entrando no 2° período do meu curso. Espero que esse segundo semestre venha cheio de surpresas e que coisas muito boas aconteçam, que tudo possa mudar tanto quanto mudou nos 6 meses passados e também que Deus me ajude em todas as dificuldades que aparecerão. Não aproveitei muito esse recesso, porém deu pra ter um descanso muito proveitoso  C:

24 de jul de 2013

Anoitecer

Anoitecer
Anoitece
 anoiTECER
anoiTECE
Tecer a noite
anoi TECE a noite
W.S

23 de jul de 2013

Deus é bom


We're All Mad Here.
Não edificarão para que outros habitem, ; não plantarão para que outros comam; porque a longevidade do meu povo será como a da árvore, e os meus eleitos desfrutarão de todo as obras das suas próprias mãos. Não trabalharão debalde, nem terão filhos para a calamidade, porque são a posteridade bendita do Senhor, e os seus filhos estarão com eles. E será que, antes que clamem, eu os ouvirei. O lobo e o cordeiro pastarão juntos, e o leão comerá palha como o boi; pó será a comida da serpente. Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, diz o Senhor. Isaías 65:22-25   

15 de jul de 2013

Dame la mano- Gabriela Mistral

Dame la mano y danzaremos; 
dame la mano y me amarás. 
Como una sola flor seremos, 
como una flor, y nada más... 

El mismo verso cantaremos, 
al mismo paso bailarás. 
Como una espiga ondularemos, 
como una espiga, y nada más. 

Te llamas Rosa y yo Esperanza; 
pero tu nombre olvidarás, 
porque seremos una danza 

en la colina y nada más...

13 de jul de 2013

Não fui, na infância, como os outros
e nunca vi como os outros viam.
Minhas paixões eu não podia
tirar das fontes igual à deles;
e era outro o canto, que acordava
o coração de alegria
Tudo o que amei, amei sozinho
Edgar Allan Poe

12 de jul de 2013

:3

Oi genteee, eu estou de férias, porém ultimamente ando meio sem saber o que falar pra vocês e aproveitando que tenho algumas pequenas novidades vou falar um pouco delas.
 Bem aumentei os alargadores, acho que já falei isso em outro post + enfim, estou usando 14 mm em cada orelha agora wee o/, comprei jóias novas e acho que amanha os plugs estão chegando. Deveriam ter chegado hoje, só que houveram alguns problemas e a empresa responsável pelas entregas não pode mandá-los para mim. Eles são as coisinhas mais lindas que eu já vi, por fora parecem de madeira e dentro é madrepérola, estou doida que cheguem logo pra botar a foto aqui haha. Depois vou fazer uns post's sobre minhas experiências com os alargadores e o piercing, acho que sempre é legal mais informações e elas ficam mais seguras quando dadas por alguém que já as vivenciou :)  
Hoje eu cortei de novo meu cabelo, estou usando ele curtinho e tentando aproveitar meus cachos, falando em cachos ja faz algum tempo que parei de usar a chapinha, na verdade uso uma vez ou outra na franja e olhe lá. Foi uma das melhores coisas que eu já fiz, meu cabelo melhorou bastante e me sinto mais a vontade com ele natural agora..
Não sei se já falei isso também, mas o último livro que terminei foi O exorcista. Hoje eu iria começar a ler Moby Dick, mas peguei o volume 2 sem querer --':3
Já me matriculei nas matérias do segundo semestre e estou em um dilema: "me matricular ou não em Latim?" Cara quando soube que tinha essa matéria lá fiquei curiosíssima e tive muita vontade de entrar, só que tenho um certo receio de me dar mal por isso primeiro porque é uma matéria que não tem nada a ver com o meu curso, segundo é obvio que esse semestre vai ser puxado que o outro, e terceiro o horário, não faço a menor ideia de como seria, esse meu 2° período veio bem lotadinho e os horários são meio pesados então não sei. Acho que é isso por enquanto, sejam felizes e boa noitee <3 font="" nbsp="">

11 de jul de 2013

rei vento

Reinventou, reinventar-se
Todos os dias ela se reinventava.
Reinventou, reinventar-se
Já que feliz não mais estava
Reinventou, reinventar-se
Um novo coração como rosa brotava
Reinventou, reinventava-se
E pingos da aurora dos seus olhos jorrava
Reinventou, reinventava-se
re invento
rei vento
que tudo leva, tudo consome, tudo trás.
W.S

5 de jul de 2013

Certo? :)


"Bem aventurados os limpos de coração." Deus tem mais em conta o que realmente somos do que aquilo que dizemos ser. Não lhe interessa como parecemos exteriormente; o que deseja é que sejamos puros de coração. Então todas as nossas palavras e todos os nossos atos serão justos.