8 de mar de 2014

Parabéns! - Pelo que mesmo, hein?

Hoje quando acordei e fui alimentar meu vício no face, uma das primeiras coisas que vi foi um "parabéns pelo dia da mulher" do meu namorado e isso juntamente com alguns pensamentos meus me fez refletir um pouco. Nas sextas feiras eu pago uma matéria na faculdade chamada "Seminário temático sobre Gênero", nessa disciplina nós discutimos inúmeros assuntos ligados não só à diversidade de gêneros como também o feminismo e etc etc etc.
 Antes que vocês achem que esse texto possui uma visão limitadora que foque apenas na visão feminista e afins lamentos informa-lhes que não é assim e desejo dar-lhes também algumas informações ao meu respeito: Sou uma mulher hétero sexual, e como mulher posso me posicionar muito bem frente as coisas que em pleno século XXI ainda acontecem com nós, mesmo que de forma sutil. 
O fato de mencionar o "HÉTERO SEXUAL" não significa que eu repudio as meninas que são lésbicas ou bissexuais,-bem como os homens- pelo contrário, mesmo possuindo meus valores e crenças acredito que cada ser humano é livre para ser feliz da maneira que lhe convém. Quem sou eu para afalar que fulano ou sicrano está errado e eu estou certa? E pegando isso de certo ou errado, você que está lendo esse texto não precisa concordar com tudo que escrevo aqui, essa é apenas minha visão e minha opinião pessoal.
O feminismo vai muito além do que você imagina e possui diversas ramificações e correntes, e fico feliz de hoje poder estar estudando na academia algo que seja tão importante e que trouxe tantas coisas positivas para nós mulheres. Quando se fala em feminismo não falamos em soberania feminina, muito pelo contrário, o feminismo em si prega a igualdade entre todas as pessoas, sejam homens, mulheres, LGBT"s e enfim o feminismo pretende acabar com a supremacia sexista que existe e perdura até nossos dias atuais.
Mas o que é o dia da mulher? Por quê que ele existe? Quase todo mundo sabe da história das mulheres que foram queimadas dentro de uma fábrica de tecidos lá em Nova Iorque, na mesma data de hoje e no ano de 1857, tudo porque estavam fazendo reivindicações para melhoria de sua rotina de trabalho. Elas queriam salários justos (já que muitas delas faziam o trabalho duplicado e ainda assim recebiam menos que os homens), queriam diminuir suas intensas horas de trabalho que eram o dobro das atuais, ou seja 16 horas, e diversos outros fatores e só por isso foram reprimidas e mortas brutalmente. 
Acontece hoje pelo mundo inúmeras conferências que visam debater o verdadeiro significado desse dias, hoje pelo mundo muitos homens e mulheres fazem o que todos nós deveríamos fazer no dia de hoje: Debater sobre nossa atual posição na sociedade e os enfrentamentos que surgem a cada novo dia.
Não vou negar que já conquistamos muitas coisas positivas, porém ainda acontecem coisas inacreditáveis e não podemos perder a consciência desses casos, que são muitos.
A China é o país que apresenta a maior taxa de infanticídio do mundo, lá há um controle populacional muito forte e os casais só podem ter um filho, se outro filho vier a existir ele não terá nenhum direito aos bens familiares e terá de ser sustentado sem esses direitos ate o fim de sua vida. Nesse país a economia se sustenta na agricultura familiar e para esse tipo de trabalho os pais preferem meninos, pois "irão ajudar mais no trabalho", quando meninas são concebidas elas são rejeitadas e mortas, pois são vistas como desnecessárias à realidade da família, não irei generalizar pois acredito que muitas mães lá sentem muita dor ao ter que abandonar e enfim fazer diversas coisas desse tipo com suas filhas.
Aqui no Ocidente temos a mania de achar que somos modernos, modernos demais, só que coisas absurdas assim também acontecem por aqui. Salários mais baixos em cargos iguais, estupros e assassinatos, preconceitos bobos por parte das "mais femininas" para com aquelas que possuem uma maneira mais despojada de ser (eu já passei muuuuito por isso), aqueles pensares tradicionais que dizem por exemplo que TODA mulher precisa se realizar apenas dentro de um casamento e com filhos, que precisamos ser boas esposas e cuidar de nossos maridos, e além de tudo AGUENTAR TUDO CALADA porque "somos só mulheres e esse é o nosso papel"... 
Cara são tantas coisas absurdas que esse texto ficaria muito maior do que já está se eu fosse citar tudo. Minha maior vontade ao escrever esse texto era fazer com que as pessoas que estivessem lendo entendessem que não há nada de mais em desejar parabéns ao "nosso dia", só que os parabéns não deveriam ser relacionados ao fato de sermos apenas mulheres, mas sim que esses parabéns fossem pela nossa luta pela igualdade, pela nossa luta contra o sexismo da sociedade que coloca o homem  como superior e como um controlador de nós mesmas, que somos todos seres humanos e somos iguais, que não significa que só por causa de uma vagina eu sou inferior ou menos importante. 
Há todo um arcabouço cultural desde os tempos mais remotos que reforçam a ideia da mulher como um ser frágil, que precisa sempre ser auxiliada e de que precisamos sempre ser meigas, atenciosas, amorosas, compreensivas, doces, mas o que precisamos colocar em nossas mentes é que todo ser deveria agir assim, todo ser deveria ter esses comportamentos para o bem do todo e tenho certeza que o mundo seria bem melhor se parássemos de atribuir determinados valores a determinadas identidades de gênero. 
Não vejo problema em homens que choram, homens que se cuidam, homens que dançam. Não vejo problema em mulheres que se sentem bem com o cabelo bem curtinho, mulheres que não gostam de usar salto ou que não se sentem bem toda maquiada. Não vejo problema algum em cada pessoa ser da forma que lhe é agradável.
Somos todos humanos, mas ainda não aprendemos a agir como tal.
Que nesse dia da mulher você possa ter em mente que não é inferior, que não é obrigada a casar, que não é obrigada a ser humilhada e a apanhar, que você não precisa saber lavar louça ou cozinhar, que você não precisa andar sempre impecável, que você precisa gostar de rosa, que salto é mais bonito que tênis, que você não é uma boneca inflável. Saiba que você é um ser, um ser dotado de alma, um ser que precisa ser livre. Saiba que muitas ainda são vítimas por ai e que não podemos parar de lutar. Mulheres e homens são todos seres humanos, e como seres humanos mesmo possuindo diferenças somos iguais. 
Bem, acho que é isso que tenho a dizer, talvez eu não tenha conseguido organizar bem minhas ideias, mas é isso ai. Espero que o objetivo do texto seja alcançado.
Parabéns a nós, e que não percamos a vontade de lutar, que não nos faltem forças para fazer o que é justo e que um dia possamos ser reconhecidas devidamente. 
Um beijo à todos e todas :)   

Nenhum comentário:

Postar um comentário