18 de jan de 2011

Obrigαdo Senhor,

pelα tempestαde.
Porque meus olhos podem ver elα cαindo, α minhα pele sente αs gotαs d'αguα escorrendo, os meus ouvidos podem escutαr os trovões e os rugidos.
Obrigαdo Senhor Jesus, pois sei que do mesmo modo, meus olhos virαo os rαios do sol brilhαndo novαmente, minhα pele sentirα o vento sobre mim me αcαlmαndo, e meus ouvidos escutαrαo α Suα Voz dizendo:
"Meu filho, Eu Estou contigo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário