18 de abr de 2013

"É um contentamento descontente"

Hoje o dia amanheceu e acordei cansada, talvez fosse preguiça ou apenas o frio que estava fazendo lá fora, CHOVEU...
A 4 anos atrás eu estava completamente ansiosa nesse dia e data, mas olha só onde cheguei. Aquele sábado foi bastante divertido, que ironia do destino. Concordo com você de que é bastante estranho  quando estamos acostumados com a presença de alguém e de repente perdemos isso. É chato se sentir só, é chato não ter aquele pessoa pra conversar e abraçar, só que essas coisas acontecem todos os dias e talvez seja até normal. Que papel mais estranho esse meu né? escrevendo para alguém que provavelmente não vai ler e que não se importa mais. Pensei mesmo que aquela seria a última carta, mas não foi! O fato de estar com outra pessoa não significa nada, as pessoas não podem maquiar uma situação para mostrar aos outros que estão felizes, elas simplesmente são felizes independente de tudo. Pode ser impressão minha, mas você está mesmo feliz? Já se perguntou isso? Não acredito que aquelas pessoas que passam por nossas vidas e se tornam especiais possam ser esquecidas, e depois de tantas trocas que fizemos sei que isso se torna complicadíssimo. Dizer que esqueceu é ser hipócrita! E não, eu não sou, não esqueci e pra falar a verdade nem sei se quero esquecer. Isso é estranho, porque depois de tudo falar algo assim é como loucura. Acho que eu já expliquei em cartas mais antigas o significado disso. Imagino como seria o dia de hoje se nada tivesse mudado, se nada tivesse acontecido... Não entendo os motivos de tantos jogos feitos por você, como se o que aconteceu não já bastasse pra cagar tudo. Não entendo essa sua necessidade. Naquele domingo foi bem esquisito, não entendi o por que, precisava mesmo fazer aquilo? Estou te respeitando, não interfiro em nada mais, não busco, não olho e tento não sentir nada, mas não é fácil. Brigo comigo mesma todos os dias, a maior guerra é aquela que se passa dentro da nossa cabeça, e disso não tenho dúvidas porque estou vivendo. As vezes toda a poeira que já está acumulada aqui é soprada pelo vento e parece que fico desprotegida de novo. Pode não importar mas converso muito com Deus sobre vocês e sobre nós, oro por coisas boas e novas em tua vida, oro pra que Deus seja bom e resolva tudo em seu tempo. Nunca desejei mal nenhuma à vocês e por mais inacreditável que pareça, antes disso se iniciar orei pra que esse novo namoro seu acontecesse, pois é...
Acho que você se lembra de uma vez que eu falei que ficaria feliz só em te ver feliz também, mesmo que fosse com outra pessoa . Não menti nisso e realmente me agrada perceber que você está bem, só que as vezes acho que não é toda essa felicidade que parece, não sei.
Isso tudo que eu disse parece fraqueza minha pra você? Queria que tu soubesse o quanto descobri que sou forte. Parece muito fácil escrever pra você porque eu já estava tão acostumada mesmo, me pergunto o que aconteceu com as outras cartas, você jogou todas elas no lixo? Dariam um bom livro, ainda tenho um ou outro rascunho guardado, ta tudo numa caixinha e eu não joguei nada fora, talvez eu jogue um dia. Queria realmente saber onde as minhas foram parar... Pode ser que o "amor" não exista mais, só que eu não sentia só isso, você sabe que era muito mais além e algumas coisas ficaram, já outras estão empoeiradas como eu disse. Descobri muita coisa ao meu respeito que não sabia tanto antes, o fato de ser extremamente forte foi uma dessas. Agora sei que posso confiar plenamente em meus sentidos, sabe aquelas impressões que eu tenho? pois é descobri que elas são reais mesmo, não falham... Muitas pessoas me falam muitas coisas, elas me chamam pra ir a alguns lugares que prefiro não ir, talvez eu tenha deixado de fazer coisas que gosto, mas é só pra não lembrar das nossas coisas. É engraçado porque sempre surgem situações que me fazem pensar e acabo fazendo associações que me lembram váarios acontecimentos que vivemos. Em relação a sonhos é tudo muito engraçado também. Sinto que não te conheço mais, sei lá ta tudo muito diferente depois de toda aquela confusão, o tempo ta passando tão rápido ultimamente, não sei se pra você ta sendo assim também. Antes eu ficava triste com algumas coisas só que hoje  me sinto diferente e quando lembro fico rindo só, geralmente isso acontece de noite. Queria que você soubesse também que durmo com a consciência tranquila, sei que fiz o que tinha de fazer pra você, aprendi muita coisa, acho que ensinei também e é assim. Fico alegre por ver como as coisas estão indo e sinto que tem muito pra acontecer, tanto na sua vida como na minha. Sei que tu me conhece muito, mas mudei sem querer e você também e vamos continuar nessa mudança contínua. Desejo que você ame de novo e seja feliz, que cuide dela e a trate bem. Cante pra ela, chame pra sair, olhe ela nos olhos com uma intensidade ainda maior do que a que você me olhava, não minta pra ela, lembre de ser sempre muito sincero e transparente. Eu quero te ver sempre muito feliz. Busque melhorar todos os dias, tente aproveitar o presente mas não esqueça do futuro, não alimente coisas que você realmente não queira e quando perceber que algo não te agrada mais, ou que não vai dar certo, corte pela raiz ao invés de ficar esperando melhorar pois você sabe que a tendência é ficar pior. Não tenha medo de mudanças, certo? Bem eu não ia conseguir passar esse dia sem escrever nada e é isso. Tu sabe que eu falo d+ e tem mt coisa aqui, mas acho que é isso. Sei que a carta anterior não foi uma das melhores e mesmo sabendo que essa você provavelmente não vai ler, espero que um dia possa lembrar de mim com carinho :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário